quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Agosto - Mês Comemorativo do Orixá Obaluaê - Omulu

por- Rodrigo Correia dos Santos - médium, sacerdote umbandista, ogan e adm. do site tamboresdeournmila.

Entramos no mês de Agosto reinado por Obaluaê e Omulu, muitos médiuns têm dificuldades de identificar a vibração desses dois Orixás, e muitas vezes pensam que estão encorporando um, mas na verdade estão com outro.
Obaluaê é responsável pela "transmutação" da vida, de modificar algo que está lhe prejudicando e também o Orixá junto com Omulu que atua diretamente no campo da saúde, tirando e combatendo todas as formas de doenças e energias negativas e maléficas.
Filho de Nanã Buruke e Oxalá, sua diversas lendas contam que Obaluaê nasceu com o corpo cheio de Chagas, sua exposição a luz fazia com que sua pele pipouca-se como milho de pipoca, por esse motivo ofertamos pipoca para Obaluaê e para Omulu. 
Nãnã rejeitando o próprio filho cheio de chagas, colocou ele na praia para que a onda o mata-se, mais Iemanjá vendo a pobre criança desamparada resolveu criar Obaluaê, sua roupa foi um presente de Ogum, por onde Obaluaê passava os vilarejos tinham medo dele por dizerem que ele trazia as doenças, certo dia Obaluaê curou um rei a pedido de Oxalá, a população vendo a cura do rei, todos passaram a respeita-lo até mesmo IKU (morte). Sua ferramenta é o Xarará, um bastão feito de palha da costa que é seu principal elemento de trabalho junto com os búzios (odus).
Obaluaê rege o sexto Trono da Evolução junto com Nanã Buruke, suas cores são a Branca e Preto, velas utilizadas são a branca e as bicolores Branca/Preta seu campo de força é o cruzeiro, a calunga maior (praia).
Omulu é a forma do Obaluaê mais velha, uma característica marcante de sua encorporação são os médiuns receberem esse Orixá curvados e um pouco abaixado, suas cores são o Vermelho/  Branco e Preto, velas utilizada são a branca, bicolor Branca/Preta ou Roxa seu campo de força é praticamente igual o de Obaluaê sua ferramenta também é o Xarará.
Omulu rege o sétimo Trono da Geração junto com Iemanjá, sua atuação nesse trono é de estabilizar tudo que é gerado por Iemanjá.
Uma curiosidade sobre o brajá de Obaluaê e o de Omulu são as cabaças penduradas que representam todo o mistério da vida,e elas são feitos com búzios brancos abertos, elementos que os dois Orixás reinam.
O dia da semana para ofertar oferendas, fazer pedidos e agradecimentos são todas as segundas-feiras no cruzeiro na calunga menor (cemitério) ou se, tiver disponibilidade pode ofertar na calunga maior (praia).

PONTO DE RAIZ - PAI OBALUAÊ


Éh! Obaluaêe... Éh! Obaluaêe... É Atotô! - (BIS)
Éh! Obaluaêe... Éh! Obaluaê,
Se você está doente, um grito com frio e com dor...
Com pipoca e dendê, muita gente ele curou.
Se você está cansado... E não pode mais suportar,
Peça proteção à ele, que ele vai lhe ajudar Obaluaêe...
Éh! Obaluaêe... Éh! Obaluaêe... É Atotô! - (BIS)
Éh! Obaluaêe... Éh! Obaluaê,
Tenho o segredo da vida, do início e do fim,
Oh!... Meu senhor das palhas, tenha muita dó de mim...
Na procissão das almas, que partem pro infinito,
Ele vai mostrando a elas um mundo mais bonito Obaluaêe...
Éh! Obaluaêe... Éh! Obaluaêe... É Atotô! - (BIS)

PONTO DE RAIZ - PAI OMULU

Ah!... Senhor das almas, não me deixe andar sozinho...
Toma conta dos inimigos, abri os meus caminhos... (BIS)
Se eu sou filho de Omulu, meu Pai!
Meu Pai é Santo (BIS)
Santo do meu axé... Santo do meu elegda... (BIS)

Um comentário:

  1. www.coisadecrioulo.com.br10 de novembro de 2015 13:52

    Pai Rodrigo Correa dos Santos,
    Boa noite! Gostaria de parabenizá-lo pelo seu blog. Nossa fé precisa disso.
    Porém também ´precisamos de boas trocas entre nós irmãos! è muito bom ver que o senhor aprecia nosso trabalho: a imagem de Omolu é criação nossa, da Coisadecrioulo. Gostaríamos que o senhor desse o crédito e informasse que a imagem é registrada e tem direitos autorais, afim de evitar por outros o uso de nossos produtos sem autorização.
    Sempre que precisar ofereceremos ao senhor a imagem já devidamente preparada para tal, de Orixá, de Exus e outros amigos da espiritualidade: é só pedir.
    Obrigada desde já, Edna Madureira (21) 2264-8816.

    ResponderExcluir